Quem sou eu

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Conservadorismo e escola Sem Partido

Tem uma mentira que tenho ouvido dos conservadores, especialmente entre os que defendem a Escola Sem Partido.

Eles dizem que não tem ideologia. Para eles conservadorismo não é ideologia, mas marxismo é.

Consultando um dicionário encontrei a seguinte definição de ideologia:

"
... (Sociol.) conjunto das convicções e convenções filosóficas, religiosas, jurídicas, sociais e políticas relacionadas com a situação social dos seus representantes dentro da sociedade.
"

Portanto, conservadorismo é uma ideologia sim. Ser conservador é ter uma ideologia.

Conservadorismo é a ideologia do não mudar nada, não mudar a sociedade, não evoluir a sociedade, de manutenção das coisas como estão, ou até mesmo voltar a como era a algum tempo atrás. Isto é muito conveniente aos privilegiados de uma sociedade, especialmente se os privilégios foram obtidos em detrimento de direitos de outros.

Em muitos casos, conservadores querem não só manter os privilégios, como aumentá-los.

Então é muito conveniente dizer que ser conservador é não ter ideologia, pois não tem que admitir tudo isto que critiquei acima.

Isto se torna mais perigoso no contexto da Escola Sem Partido, que seria uma escola sem ideologia do ponto de vista deles. Então não poderia se faltar de Marx nas escolas, mas poderia ser falar de ideias conservadoras tranquilamente, pois, para eles, conservadorismo não é ideologia.

Então, a Escola Sem Partido não passa de uma escola conservadora, criada para não mudar nada e preservar as coisas como estão ou até para piorar as coisas.

Ligando o modo sarcasmo

Tenho algumas perguntinhas aos conservadores:

- Por que querem manter o mundo como está?
- Tem medo de mudanças?
- De quais mudanças tem medo?
- O mundo está perfeito, não? Não precisa mudar nada, não? Não temos fome no mundo. Todos ganham um bom salário. Todos tem um trabalho digno e criativo. Todos podem se sustentar e à família, sem problemas, sem dificuldades. Todos tem acesso ao ensino de qualidade. Todos tem acesso a um bom sistema de saúde. Todos tem acesso às vacinas. Todos tem lazer de qualidade. Não existe efeito estufa no mundo. O petróleo é eterno. Não tem problemas ecológicos no mundo. Não temos problemas de superpopulação no mundo. Não temos problemas de abastecimento de água no mundo. Todos tem direitos iguais. Não é mesmo?
- Ou defendem isto por que são egoístas que tem algum privilégio e que se danem os outros?
- Por acaso os privilégios de vocês são obtidos suprimindo direitos dos outros?
- Vocês tem tal complexo de inferioridade que se o que vocês tem como privilégio, que deveria ser direito de todos, realmente se tornasse de fato direito de todos vocês iriam se sentir inferiorizados?
- Tem medo de Marx por que ele mostra a todos como funciona a exploração?
- Tem medo de Marx por que ele mostra que você pode ser mais um explorado pelo Capitalismo, pelo Neoliberalismo, o que iria ferir mortalmente o seu ego?
- É rico até não mais saber o que faz con tanto dinheiro? Ou tem a fantasia inútil de ser um destes menos de 1%, então defende este sistema, mesmo sendo mais um ferrado e explorado por este sistema?
- Está em negação, e não quer admitir que é mais um explorado por este sistema? Então como está a fatura do cartão de crédito? Tem alguma dívida? Fez algum empréstimo? Usa alguma roupa de marca, com a marca bem estampada nela, para parecer que é mais importante do que realmente é, e sendo outdoor de propaganda desta marca? Ou seja, está pagando caro para fazer propaganda de uma marca?
- Se acha o centro do mundo?

Ficou bravinho por eu te afrontar com o meu sarcasmo, e nem quer pensar se eu estou certo? Vai me tornar famoso chamando todos os conservadores para verem a minha página?

Se começar a pensar, bom, muito bom. Critique tudo, começando por si mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário