Quem sou eu

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Em defesa da Linha 1A do Metrô Rio

Eu vejo muitas críticas, e algumas parecem até raivosas, quanto a Linha 1A do Metrô Rio. Uma delas está aqui. A página do Facebook Metrô que o Rio precisa é um dos grandes críticos.

Tenho a impressão que muitos destes críticos nunca usaram a Linha 2, pelo menos rotineiramente. Eles não viram o estado da Estação Estácio nos horários de rush. A Estação Estácio ficava MUITO pior que a Estação Central fica atualmente. Era um risco de desastre, era um desastre de grandes proporções prestes a acontecer. Bastava um idiota começar a gritar "fogo", e talvez soltar fogos de artifício para termos uma situação de pânico generalizado, e uns 50 a 200 mortos, e uns 200 a 500 feridos. (Pena que perdi a foto que fiz anos atrás mostrando como ficava cheia a Estação Estácio às 18:00.)

A Linha 1A permitiu espalhar todo este pessoal por diversas estações, e nenhuma chega a ficar no estado que a Estação Estácio ficava. Faltaram trens, mas isto foi melhorado com a aquisição dos trens chineses, de maior capacidade, que atualmente rodam exclusivamente, ou quase, na Linha 1A.

A Linha 1A ainda permitiu a diminuição dos tempos de viagem, ao retirar a baldeação da Estação Estácio. Mesmo com a baixa velocidade e com a espera que normalmente acontece no ponto de integração das linhas, se poupa tempo.

Mas mesmo a Linha 1A atualmente está esgotada. A Linha 1 sobra lugar, como já li. A Tijuca não lota a Linha 1 em direção ao Centro (Deve aumentar a quantidade de passageiros com a inauguração da estação Uruguai, mas não sei se chegará a lotar.). A Linha 1 e a Linha 1A parecem ficar vazias em direção da Zona Sul depois da Estação Carioca. Por isto escrevi uma Carta aberta ao Metrô Rio sugerindo a construção da Linha 2 original até, pelo menos, a Estação Carioca, com capacidade de 8 vagões por plataforma, sem a abolição da Linha 1A, o que mais que dobraria a capacidade atual da Linha 2/Linha 1A, diminuiria a ociosidade de Linha 1, aliviaria a Estação Central etc. Para maiores informações, leia a Carta aberta ao Metrô Rio.

Sou contra, ao contrário de muitos que vejo criticando o Metrô Rio, acabar com a Linha 1A. Acho que ela tem que funcionar junto com a Linha 2 original, fazendo alternância, tal como é feito atualmente entre a Linha 1 e a Linha 1A. Isto praticamente dobraria a capacidade atual do Metrô Rio.

Quanto a Linha 4, eu defendo que vá até a Terminal Alvorada. Não tenho uma opinião concreta se ela deveria integrar com a Linha 1, ou chegar até a Carioca. Eu pensaria em um projeto que não descartasse as duas hipóteses, fazendo uma rota diferente depois de cruzar com a Linha 1.

Também acho que a Linha 1 deva se tornar um anel fechado.

Acho que deveria ter sido construído um metrô no lugar da Linha Amarela, ou junto dela. Talvez dê fazer uma gambiarra, inserindo os trilhos da linha de metrô retirando duas pistas de carros. Este metrô deveria ir até a Alvorada, começando na Ilha do Fundão ou na Ilha do Governador, o que seria melhor ainda. A praça do pedágio, com a sua media móvel, seria um baita problema. Talvez fosse necessário fazer uma ponte para passar por cima dela, ou um túnel, para passar por baixo dela.

Acabei extrapolando aqui, falando mais do que a Linha 1A, mas foi bom dar a minha opinião.

2 comentários:

  1. "A Linha 1A permitiu espalhar todo este pessoal por diversas estações, e nenhuma chega a ficar no estado que a Estação Estácio ficava. Faltaram trens, mas isto foi melhorado com a aquisição dos trens chineses, de maior capacidade, que atualmente rodam exclusivamente, ou quase, na Linha 1A."
    Não desconsidere que a linha 2 projetada também distribuía pessoal desde a Praça da Cruz vermelha até a Carioca e depois à praça XV. Os dois pontos que observo de maior descarga são Uruguaiana e Carioca.

    A linha 2 está sobrecarregada por competir com a linha 1 em operação de pico de 4 minutos quando poderia operar em menos de 2 minutos com a linha 2 completa. E ainda servindo a fazer ponte com as Barcas S.A.

    A Linha 1A foi para para a concessionária ganhar 20 anos a mas investindo pouquíssimo. A linha que hoje é usada era uma linha de serviço, bastou acrescentar a segunda linha. Acontece que a primeira por ser de serviço faz um zigue-zague no meio desta que joga os passageiros uns contra os outros ao ir de Cidade Nova à São Cristóvão.

    ResponderExcluir
  2. Acredito que a Linha 1 Não sobreviveria, mesmo que dobrasse a quantidade de composições, a carga total que uma Linha 2 com 8 vagões e baldeação nas Estação Estácio e Carioca.

    Sou favorável a Linha 2 indo até a Carioca, ou até a Praça XV, o que seria melhor ainda, alternando com a Linha 1A. Acredito que seria a melhor solução.

    Leia o meu outro artigo para entender melhor a minha proposta:

    http://um-cidadao-semiconsciente.blogspot.com.br/2013/11/carta-aberta-ao-metro-rio.html

    ResponderExcluir